CLICK HERE FOR BLOGGER TEMPLATES AND MYSPACE LAYOUTS »

sexta-feira, dezembro 31

Suponha que um anjo bata à sua porta. Não se espante: é final de ano e tradicionalmente, como os balões de junho, esta data é propícia ao aparecimento de anjos. Para evitar constrangimentos ou diálogos inúteis, você está sozinho em casa. Então o anjo bate, depois você larga o que estiver fazendo, abre a porta e convida-o para entrar e sentar, como se fosse a coisa mais natural do mundo.

(Caio Fernando Abreu. Se um brasileiro num dia de dezembro… In: Pequenas Epifanias)

domingo, dezembro 26


Por algum motivo as pessoas demoram pra entender que o amor é muito diferente de gostar. Não é uma coisa que acontece da noite pro dia, e também não me venha com essa de amor a primeira vista. Já pararam pra notar o quão banalizado o ‘Eu te amo’ está? Isso é culpa do uso indevido dessas três palavrinhas por homens e mulheres do mundo. Sim, a culpa é geral. Quantos homens não disseram isso apenas para conquistar aquela garota bonita que conheceu numa festa? E quantas garotas não disseram que amavam um cara, só porque simplesmente achavam que estavam vivendo um conto de fadas? Ladies and gentlemen bem vindos ao mundo real. O amor não surge do nada, como nos contos de fadas. O príncipe encantado não vai se apaixonar por você só porque seu sapatinho ficou perdido no castelo dele, ou porque você comeu uma maçã envenenada e caiu em sono profundo. As princesas não vão se apaixonar por você, só porque você tem um sorriso bonito ou cita Shakespeare a noite. Para amar, é preciso conhecer. E para conhecer você demora meses. Amar requer paciência. Admirar as virtudes, conviver com os defeitos. Aguentar a TPM e respeitar o futebol de todo o domingo a tarde. Amar é algo muito complexo para que se aconteça de repente, da noite pro dia, por isso vamos parar com esses pseudos amores para a vida inteira. Voltem para o mundo real e encontrem alguém que construa com vocês um amor real, baseado no que vocês são de verdade. Contos de fadas, só os da Disney.

quinta-feira, dezembro 9

Me vestirei de colombina e irei para o carnaval. Aproveitarei cada segundo da mistura de sons, sentidos, toques e olhares. Sambarei até que eu seja confudida com o samba em si. Praticarei o desapego. Irei com os pés no chão. Hoje eu vou sambar sozinha.



sexta-feira, novembro 5

Ainda há muito o que se aprender.




Por isso que há tanto desencontro, mas isso não é o mais importante. O que vale é a busca, a tentativa, a descoberta, o aprendizado... A cada dia vamos descobrindo as pessoas um pouco mais, o ser humano um outro tanto, mas principalmente a nós mesmos.

Refletimos nos outros quem somos e o que buscamos, mas nunca deixamos de acreditar no amor e na sua força, que move os corações, as ações e tudo aquilo que fazemos para trasnformar e encantar o que nos cerca.

Sonhamos acordados, escolhemos a trilha sonora, escrevemos poesia, imaginamos viagens, preparamos o jantar à luz de velas e seguimos o caminho na busca de alguém que queira partilhar conosco e esteja em sintonia com os ideais desejados.

Querer, acreditar, abrir o coração e seguir...

quinta-feira, novembro 4



Quem me dera ao menos uma vez, acreditar por um instante em tudo que existe, e acreditar que o mundo é perfeito; e que todas as pessoas são felizes.


Legião Urbana.

segunda-feira, outubro 11

Novos ares.




Preciso de um tempo, preciso de mudanças. Preciso de novos ares. Preciso de novos lugares. Novas pessoas, novos assuntos, novas conversas. Preciso de novas festas, de novas energias, de novos amores. Preciso de novos rumores, de novas idéias, de novos sabores. Preciso de novas alegrias, de novas situações, de novas risadas. Preciso de novos amigos, de novas loucuras, de novas verdades. Preciso de novas lembranças, de novos desenhos, de novos olhares. Preciso de novos passeios, de novas caras, de novas coisas guardadas. Preciso de novas histórias, de novos clichês, de novas músicas. Preciso de novos segredos, novos riscos, novas atitudes. Preciso de novas aventuras, de novas emoções, de novas amizades. Preciso de novas palavras, de novos pensamentos, de novos hábitos. Preciso de novos sentimentos. Preciso de uma nova atmosfera.

Não que eu não goste dessa. Não me entendam mal. Mas mudanças fazem mais do que bem, e eu preciso delas.

quarta-feira, outubro 6

E lá vem você de novo, atormentar meus dias calmos, acelerar meu coração, bagunçar tudo aqui dentro. Você não cansa não?

domingo, outubro 3



Um homem chegou em casa tarde do trabalho, cansado e irritado encontrou o seu filho de 5 anos esperando por ele na porta ..

- “Pai, posso fazer-lhe uma pergunta?”

- “O que é?” - respondeu o homem.

- “Pai, quanto você ganha em uma hora?”

- “Isso não é da sua conta. Porque você esta perguntando uma coisa dessas?”, o homem disse agressivo.

- “Eu só quero saber . Por favor me diga, quanto você ganha em uma hora?”

- “Se você quer saber, eu ganho R$ 50 por hora.”

- “Ah…” o menino respondeu, com sua cabeça para baixo.

- “Pai, pode me emprestar R$ 25,00?”

O pai estava furioso, “Essa é a única razão pela qual você me perguntou isso? Pensa que é assim que você pode conseguir algum dinheiro para comprar um brinquedo ou algum outro disparate? Vá direto para o seu quarto e vá para a cama. Pense sobre o quanto você está sendo egoísta”, “Eu não trabalho duramente todos os dias para tais infantilidades.”

O menino foi calado para o seu quarto e fechou a porta.

O homem sentou e começou a ficar ainda mais nervoso sobre as questões do menino.

- Como ele ousa fazer essas perguntas só para ganhar algum dinheiro?

Após cerca de uma hora, o homem tinha se acalmado e começou a pensar.

Talvez houvesse algo que ele realmente precisava comprar com esses R$ 25,00 e ele realmente não pedia dinheiro com muita freqüência. O homem foi para a porta do quarto do menino e abriu a porta.

- “Você está dormindo, meu filho?”, Ele perguntou.

- “Não pai, estou acordado”, respondeu o garoto.

- “Eu estive pensando, talvez eu tenha sido muito duro com você a pouco?”, afirmou o homem. “Tive um longo dia e acabei descarregando em você. Aqui estão os R$ 25 que você me pediu.”

O menino se levantou sorrindo. “Oh, obrigado pai!” gritou. Então, chegando em seu travesseiro ele puxou alguns trocados amassados.

O homem viu que o menino já tinha algum dinheiro, e começou a se enfurecer novamente.

O menino lentamente contou o seu dinheiro , em seguida olhou para seu pai.

- “Por que você quer mais dinheiro se você já tinha?” - Gruniu o pai.

- “Porque eu não tinha o suficiente, mas agora eu tenho”, respondeu o menino.

- “Papai, eu tenho R$ 50 agora. Posso comprar uma hora do seu tempo? Por favor, chegue em casa mais cedo amanhã. Eu gostaria de jantar com você”

domingo, setembro 26

corações nômades.

Infelizmente alguns corações não têm dono nem lugar fixo. Eu os chamo de corações nômades. Eles são como anjos, que te fazem feliz por determinado tempo, mas que precisam ir embora. Bater asas e voar sem destino por ai. As vezes essa partida é dolorosa, as vezes é tão dolorosa que deixa marcas, marcas que infelizmente ou felizmente você vai se lembrar pelo resto da vida. Eu sofro da doença que eu chamo de coração nômade. E estou em busca de um lugar para dormir essa noite. Você sabe de algum?

sexta-feira, setembro 24




Hoje é mais um daqueles dias estranhos, onde eu sinto uma dor no peito e uma angústia que não sei daonde vem. Fisicamente, eu estou bem. Mas por dentro estou uma coisa indefinida, um milhão de sentimentos misturados que me deixam cada vez mais confusa. Sou insegura. Estou insegura com muitas coisas. Tenho medo de perder quem eu amo. Não tenho certeza de quase nada. Tudo o que eu quero passa vagamente, queria saber ao certo se sou somente mais uma ou se relmente importo para alguém. Olho pro lado e me sinto sozinha, mesmo sabendo que não estou. Me sinto vazia e não sei o que pensar em relação a quase tudo. Queria neste momento um abraço, um abraço que me acalmasse e uma voz que me dissesse que tudo está bem, mesmo não estando. Queria me preocupar com alguém, pensar em alguém tanto quanto esta pudesse pensar em mim. Sinto que venho me iludindo já faz tempo, mas eu sei que quero essa ilusão. Me alimenta e dá forças. Tento mentir para mim mesma, digo que está tudo bem e que não vou chorar mais uma vez, que eu não me importo com nada e nem quero sentir. Mas não consigo. Sou fraca demais para isso. E sei que a cada palavra que for dita, eu acreditarei com todas as minhas forças, mesmo não querendo.

sexta-feira, setembro 17



Uma confusão. De pensamentos, sentimentos, palavras, pessoas, cores, roupas e sapatos. Uma confusão. De músicas, filmes e de sonhos. É, acho que isso resume minha vida agora. Uma falta de segurança tamanha,falta de quem mais me faz/fez bem, falta de alguém para estar comigo, falta de sorrisos sinceros e de momentos que eu realmente não desejaria esquecer. Não, eu não estou infeliz. Eu estou confusa, boba, idiota, chorona e às vezes engraçada. Eu disfarço, finjo estar bem. Realizo tal ato com tanto sucesso que a maioria das pessoas acreditam. Talvez seja porque eu me acostumei com isso, talvez eu devesse fazer faculdade de teatro. Acho que me daria bem nesse ramo. Ou não. Não sei, às vezes, as pessoas descobrem. Mas é só quando eu vejo quem não devo, ouço quem não devo, ou, quando eu penso muito em quem não devo.
Talvez eu não seja uma boa atriz, talvez eu só esteja confusa e devesse parar de fazer suposições idiotas. É, acho que última opção é a mais sensata.

sexta-feira, setembro 10

Sobre o amor.


Não será a primeira nem a última vez que encontrará a pessoa certa, e nem mesmo a última em que irão te iludir e te farão sofrer, porém, serão nessas milhares de vezes que vai aprender a se levantar novamente, e dentre elas terá uma unica pessoa que realmente vai estar contigo, geralmente não irá notar a presença dela, pois é muito acanhada, mas com o tempo perceberá, que é a pessoa ideal, que esteve contigo sempre e não aquela que simplesmente se enquadrava em sua vida, ou nas suas manias. A pessoa certa não simplesmente é aquela que se parece contigo, afinal, os opostos se atraem, como já dizia o ditado. O bom é ter alguém que complete aquilo que te falte, e não acrescente o que você já tem, tudo que tido em abundância não é necessário, e se sobra acaba se tornando resto.
As medidas exatas de um amor, começam na mesma hora em que sua vida mesmo diferente da outra, entra em sintonia com a de alguém!

segunda-feira, agosto 23

Do conhecimento do velho.



De um coisa entendo: café. Ao meu modo, claro, e isso faz toda a diferença. Graças a isso, posso afirmar com toda certeza: Café combina com. O resto a gente, mais cedo ou mais tarde, acaba misturado. Palavras do velho. Vou tomar meu cafezinho antes de dormir. Vejo você.

Karine Bass disse...

Talvez café misturado ao amargo, trás cheiro, cor cinza, lembra cigarro. Um coração talvez apaixonado ou quebrado. Não sei ao certo o sabor do café, tem aqueles que te trazem mais fé, um pó, um pouquinho, uma poesia. Talvez até mais do que se deveria, dever o que é essa coisa absurda. Mas de uma coisa eu tenho certeza, café na cama apaixona, com carinho.

Satisfação enorme, ver você.




Sobre a mesa, uma pasta, uma bolsa, um guarda-chuva preto (e um céu que não queria chover), adoçante, açúcar (esqueceste de pedir o mascavo), sorrisos largos, uma bandeja "suicida", uma fatia gigantesca de torta (que tu juraste que não comerias inteira), um café com leite, um expresso duplo, pequenos goles, grandes planos.
E quatro mãos que matavam a saudade.
- Um dia, casa comigo?
- Caso.

PS: Porque de vez em quando a poesia não está nas linhas, entrelinhas, reticências, letras do Djavan, na voz da Marisa. De vez em quando a poesia habita dois corações. E apenas dois corações sabem do que são capazes.





quinta-feira, julho 8

Lave o rosto, arrume a cama e tranque a porta, esses são os primeiros passos que você deve dar após o fim da minha maratona, a minha corrida em busca de respostas chegou ao fim. Não muito satisfeita em chegar ao meu limite eu fiz questão de passar dele e com isso eu só tive a certeza de tudo que você já tinha me dito. Chame de pressa o que eu chamo de vontade, não vou mais me importar em ser mal interpretada, aprendi que não importa mais fazer com que as coisas tenham um sentido lógico, enquanto eu caminhava rumo ao sossego de ter alguém que se preocupa e me quer bem talvez eu tenha me deslumbrado com a paisagem de coisas boas que isso poderia trazer e nem cheguei a perceber que não havia ninguém do meu lado, nem que fosse só pra caminhar de mãos dadas no meio de problemas pelos quais todo mundo passa, ter e dar a segurança de que por mais que cada um tenha sua vida um deve zelar pela vida do outro, não há mistério nisso, nada que não é concreto pode ser questionado, logo não havia motivo pra tanta agonia. Agora nós pelo menos temos uma pequena história pra contar, por mais que as palavras explodão dentro de mim eu vou me reservar ao direito de não expressar o que eu senti estando o mais próximo de você que eu poderia estar, me contento em dizer apenas que foi importante, independente do que poderia vir após as seis da manhã, tudo que houve serviu pra me certificar que as coisas agora não vão mais mudar, as suas oscilações não vão mais ser culpa minha, seja livre pra chegar em sua conclusão, e quando chegar não se incomode em me dizer, pois agora não vai mais fazer diferença, o sentimento por você continua sendo o mesmo, mas por mim ele aumentou e me fez enxergar que provar que eu vou te fazer bem é humilhação demais. Que fique claro que a única coisa cobrada aqui foram as respostas, o que tinhamos, o que queriamos um do outro, se você não quer nada, não pensa nada e não pede nada, eu chego a conclusão de que nunca tivemos nada, então está tudo bem, ninguém perde o que nunca teve. :)

domingo, junho 20

Destino.




Aqueles dois coração vazios que pulsavam na avenida batiam no ritmo dos tamborins. Duas decepções e duas pessoas procurando afogar mágoas e esquecer passados. O Bloco do Eu Sozinho tinha que passar por completo em algum momento e eles esperavam ansiosos pelo dia em que não se sentiram mais tão sós. Ela conversava com os amigos, sambava e sentia cada nota se desprender do instrumento e grudar em seus braços, suas pernas, sua face... Às vezes esticava o pescoço e seus olhos procuram por rostos conhecidos ou pelos olhos que a atormentava nos sonhos. Tinha virado uma mania: dançava e esticava o pescoço. A busca era cansativa, mas sabia que seria recompensada por aqueles olhos. Ele segurava a cerveja e já não disfarçava a procura. Estava sozinho e procurava pelos lábios que lhe perseguia até em pensamentos. Seus olhos buscavam pelos lábios ardentes que ele conhecia de outros Carnavais. Onde estaria ela? Ela de um lado da rua e ele do outro. Corpos tão próximos e corações tão afastados. Tempo quente e eles mantinham-se frios. A banda passava pelo meio da rua. Ela virou-se para olhar, ouvir aquela música que tomava conta de cada músculo seu. E por questões de segundos, seus olhares não se encontraram. Ficaram sem se notar. Ela voltou para seu mundo assim que ele saiu do dele. Seus relógios não estavam batendo o mesmo horário e o tempo não coincidiu. Ele desistiu de procurar e foi embora sem nem ao menos ver que seus lábios chamavam por ele em silêncio. Ela não percebeu que aqueles olhos foram observar os paralelepípedos e as nuvens e a deixaram ali. "Vemos-nos no outro Carnaval, meu amor. Quando seus lábios, abertos, chamaram meu nome de forma que o mundo ouça. Então, não será mais Carnaval, pois criarei a minha própria festa interior, com coração seguindo a batida do bumbo e meus olhos seguindo seus passos"

quarta-feira, junho 9

Café combina com o que?





- Com beijo na boca, Bob Dylan ou blá blá blá?
- Meio amargo, adocicado ou meio desbotado?
- Pão com manteiga, bolacha de maisena ou mandioca frita?
- Um dia de frio, um sono ou uma escrita?
- Com trabalho, dia de semana ou inverno?
- Com pão de queijo, um pouco de desespero ou amor?
- Com chuva, madrugada ou catapora?
- Coração partido, jogos de video game ou novela das 8hs?
- Com Romeu & Julieta, sonhos ou sabão?
- Quem sabe com livros, estudos e filme?
- Sexo, lágrimas ou chocolate?
- Com cafuné, ressaca ou internet?
- Com amigos, sozinha ou com o cachorro?
- Com esmalte, sem unha ou Jornal?
Café combina com o que?

quinta-feira, maio 20

nua e crua


Eu queria ser famosa. Estampar as capas das revistas com minha felicidade instantânea e dizer que estou ótima depois de uma separação traumática. Queria ir pro Big Brother e fazer melhores amigos em uma semana. Queria dizer que amo com um mês de namoro. Queria que, quando alguém me chamasse de gostosa, isso fosse um elogio ao meu caráter e não um “eu te comeria se você me desse mole”. É provável que eu fosse mais feliz assim.

Mas eu sou tradicional. Sou convencional, apesar de não ser normal. Se eu me corto, eu sangro. Se bato o dedo no pé da mesa, dói. Sou uma pessoa comum. Acredito no até que a morte nos separe e também no eterno enquanto dure. Acredito que, se eu sou capaz de ser fiel, alguém mais pode ser. Acredito que eu não sou uma laranja, mas preciso da minha outra metade pra me sentir inteira. Valorizo as pequenas atitudes, assim como condeno pequenas mancadas. Sou rancorosa, guardo por anos uma coisa que me magoou de verdade. Sei perdoar. Passo por cima dos erros pra ficar junto das pessoas que eu gosto. Tenho meus limites. O primeiro deles é meu amor-próprio. Perdôo uma vez, porque errar é humano. Perdôo duas porque o ser humano é estúpido às vezes. Mas não posso viver perdoando porque isso seria incompetência minha.

Acredito que as pessoas aprendem com os próprios erros e com o tempo. Acredito também que quem traiu uma vez e foi perdoado vai trair de novo. Acredito que aquelas pessoas que vivem falando mal dos outros vão falar mal de você com esses outros. Acredito que as pessoas só mudam por vontade própria e nunca pelo pedido de outra pessoa. Acredito que tudo que eu acredito hoje vai mudar com o tempo. E que, no futuro, talvez, eu acredite em menos coisas. Ou em nada mais.

Nunca vendi meu corpo, nem nunca sequer considerei essa possibilidade. Eu sei exatamente o tipo de homem que sai com puta. E esse tipo me dá náusea. Nunca precisei experimentar drogas pra pertencer a nenhum grupo. Me dou bem com todo tipo de gente e as pessoas costumam gostar de mim apesar do que eu sou. Tenho verdadeira repulsa por homem mulherengo. Detesto aquele tipinho “caminhoneiro” (que fala pra esposa que tem uma em cada ponto, mas ela é a única que ele ama). Detesto mulher corna que se explica pras pessoas “mas ele me ama”. Sexo com outras pessoas só é perdoado quando é o homem que faz. Detesto homem machista. Detesto o tipinho que vai pra farra enquanto a mulher tonta espera em casa. Detesto mulher tonta.

Eu queria ser famosa pra fingir que não sinto dor. Pra fingir que sou perfeita na capa das revistas masculinas. Pra fingir que não preciso fingir. Queria ser famosa pra ser uma fruta e não uma cabeça que pensa. Mas escrever nunca deu dinheiro, nem capa de revista, nem melhores amigos no Big Brother. Escrever é pra pessoas de quinta como eu, que não vão fazer seu primeiro milhão vendendo o que tem no meio das pernas pra adolescentes de 30 anos de idade. Queria ser famosa pra experimentar uma vida que, dizem por aí, é melhor que a minha. Queria ser famosa pra ver se eu conseguiria ser eu como eu sou agora.

Creditos: Brena Braz

domingo, maio 16

Alfabeto..




Com A se escreve "arrependimento" que é uma inútil vontade de pedir ao tempo para voltar atrás e com A se dá o tipo de tchau mais triste que existe: "adeus"... Ah, é com A que se faz ''abracadabra", palavra que se diz capaz de transformar sapo em príncipe e vice-versa...

Com B se diz "belo" - que é tudo que faz os olhos pensarem ser coração; e se dá a "bênção", um sim que pretende dar sorte.

Com C, "calendário", que é onde moram os dias e o "carnaval", esta oportunidade praticamente obrigatória de ser feliz com data marcada. "Civilizado" é quem já aprendeu a cantar ´parabéns pra você` e sabe o que é "contrato": "você isso, eu aquilo, com assinatura embaixo".

Com D , se chega à "dedução", o caminho entre o "se" e o "então"... Com D começa "defeito", que é cada pedacinho que falta para se chegar à perfeição e se pede "desculpa", uma palavra que pretende ser beijo.

E tem o E de "efêmero", quando o eterno passa logo; de "escuridão", que é o resto da noite, se alguém recortar as estrelas; e "emoção", um tango que ainda não foi feito. E tem também "eba!", uma forma de agradecimento muito utilizada por quem ganhou um pirulito, por exemplo..

F é para "fantasia", qualquer tipo de "já pensou se fosse assim?"; "fábula", uma história que poderia ter acontecido de verdade, se a verdade fosse um pouco mais maluca; e "fé", que é toda certeza que dispensa provas.

A sétima letra do alfabeto é G, que fica irritadíssima quando a confundem com o J. G, de "grade", que serve para prender todo mundo - uns dentro, outros fora; G de "goleiro", alguém em quem se pode botar a culpa do gol; G de "gente": carne, osso, alma e sentimento, tudo isso ao mesmo tempo.

Depois vem o H de "história": quando todas as palavras do dicionário ficam à disposição de quem quiser contar qualquer coisa que tenha acontecido ou sido inventada.

O I de "idade", aquilo que você tem certeza que vai ganhar de aniversário, queira ou não queira.

J de "janela!, por onde entra tudo que é lá fora e de "jasmim", que tem a sorte de ser flor e ainda tem a graça de se chamar assim.

L de "lá", onde a gente fica pensando se está melhor ou pior do que aqui; de "lágrima", sumo que sai pelos olhos quando se espreme o coração, e de "loucura", coisa que quem não tem só pode ser completamente louco. M de "madrugada", quando vivem os sonhos...

N de "noiva", moça que geralmente usa branco por fora e vermelho por dentro.

O de "óbvio", não precisa explicar... P de "pecado", algo que os homens inventaram e então inventaram que foi Deus que inventou.

Q, tudo que tem um não sei quê de não sei quê.

E R, de "rebolar", o que se tem que fazer pra chegar lá.

S é de "sagrado", tudo o que combina com uma cantata de Bach; de "segredo", aquilo que você está louco pra contar; de "sexo": quando o beijo é maior que a boca.

T é de "talvez", resposta pior que ´não`, uma vez que ainda deixa, meio bamba, uma esperança... de "tanto", um muito que até ficou tonto... de "testemunha": quem por sorte ou por azar, não estava em outro lugar.

U de "ui", um ài" que ainda é arrepio; de "último", que anuncia começo de outra coisa; e de "único": tudo que, pela facilidade de virar nenhum, pede cuidado.

Vem o V, de "vazio", um termo injusto com a palavra nada; de"volúvel", uma pessoa que ora quer o que quer, ora quer o que querem que ela queira.

E chegamos ao X, uma incógnita... X de "xingamento", que é uma palavra ou frase destinada a acabar com a alegria de alguém; e de "xô", única palavra do dicionário das aves traduzida para o português.

Z é a última letra do alfabeto, que alcançou a glória quando foi usada pelo Zorro... Z de "zaga", algo que serve para o goleiro não se sentir o único culpado; de "zebra", quando você esperava liso e veio listrado; e de "zíper", fecho que precisa de um bom motivo pra ser aberto; e de "zureta", que é como fica a cabeça da gente ao final de um dicionário inteiro.

Créditos: Adriana Falcão

segunda-feira, maio 10

toque de realidade.

Com o tempo você vai perceber que o que te faz feliz, não é a liberdade que você tanto sonhou, não são seus amigos,e muito menos sua listinha ordinária de meninas que você pegou durante a semana, você vai necessitar de um abraço e de um beijo, não esse tipo de afeto que você recebe em uma noite e passa, você vai desejar um abraço verdadeiro dado por quem se ama,um simples afeto sem querer nada em troca, um simples olhar apaixonado e palavras doces. Você realmente vai perceber que aquilo te faz falta, não vai ser hoje nem amanha isso pode demorar um tempo pra ficar claro, mais a muito tempo as respostas se encontram em você mesmo, mais você não as permite sentir, porque você prefere acreditar que vai mudar que vai passar, que quando você acordar tudo ficará bem, mais não fica, não passa, doi e doi muito, eu cansei desse joguinho tolo, eu entreguei as cartas de bandeja pra você e fui embora, porque eu sei a hora de desistir e sei também que não tinha mais condiçoes de sofrer, e não adianta você fazer de tudo pra esquecer, tentar apagar fazer burradas atras de burradas, não porque você não consegue, o que você consegue? pensar mais ainda, amar mais ainda, e lembrar..Eu não precisei te maguar e me machucar, pra provar que eu te amo, eu não preciso de nada disso, eu só precisava de você e isso ninguém precisou me mostrar..

quinta-feira, maio 6

Todo labirinto tem seu minotauro.

E é tão verdade, até o mais perfeito dos planos tem defeitos. Ou um defeito só, mas o tem. E se eu aprendi a lenda direito, o minotauro é o motivo para a entrada no labirinto. Mas entrar em algo desconhecido para encontrar algo mais desconhecio ainda e dar-lhe fim? É isso? E qual o propósito?
É só um minotauro, e tantos significados. É a falha, a busca, a chance, a escolha... é um motivo tão secreto que nem nós sabemos ao certo o porquê de estarmos buscando, almejando, planejando ou fazendo qualquer coisa que seja.
A falha: é o erro, não que isso signifique falta de acerto, é só um ponto preto em meio ao branco, é o lago do deserto, é a voz no silêncio, é o riso no choro. É o detalhe, a falta do que compõe um grupo maior. É o abismo que procuramos sem saber, e queremos a todo custo tampa-lo, mas ninguém nos contou que isto é impossível.
A busca: é o propósito, o reencontro dos trilhos do trem, é secretamente a aposta de tanta gente para que ao fim a tormenta chegue ao fim, é percorrer espaços desconhecidos atrás de algo que não se vê, não se toca, mas existe e espera por nós em algum lugar e que, ao encontrar, que seja o que Deus quiser. (ou quem você acreditar, só não encontrei frase clichê melhor).
A chance: é a esperança encubada, consentida, escondida, amarradinha e secretíssima. É a esperança de que a sensação estranha que às vezes aparece pare de aparecer e assim tudo acabe fluindo às mil maravilhas, que não haverá mais nós na garganta, um vazio e uma falta não-sei-do-que.
A escolha: é o mais abstrato de todos, é o ir e vir constantes, o silêncio e o barulho, o filme e o livro, a corrida e o cochilo, o inverno e o verão. É se dividir e se deixar dividir, é ficar em cima de uma corda e não saber pra onde ir, e que dó saber que ao escolher se descemos da corda ou continuamos caminhando(pra em algum momento TER que descer) que a escolha será feita e sem choradinha não tem volta, e que o minotauro nos espera no centro do labirinto.

ps: nao sei o autor do texto, mas achei muito lindo *-*

Eu sou o meu labirinto e o meu minotauro. Assim, dando a mim mesma as minhas chances, vendo minhas falhas (e também tentando cobri-las a todo custo), e seguindo com o propósito que tenho em mãos agora, que pode não ser o mesmo amanhã de manhã. Infelizmente me mato todos os dias (meu labirinto enlouquecendo meu minotauro). Como? Ora, sempre que eu desisto de algo que eu sei que é essencial para mim. Sempre que sinto que tenho algo ao meu alcance e acaba indo embora, fugindo dos meus dedos e dos meus olhos, ficando inviável e eu precisando começar de novo, mesmo exausta, é nesse ponto que eu desisto. Desisto por segundos, se eu desistisse por tempo demais a felicidade desistiria de mim. E eu, acima de tudo, não sei e não posso desistir de mim mesma.

Agora eu me pergunto se o minotauro seria o mesmo sem o labirinto ou se o labirinto teria função sem o minotauro.

Seria?
Teria?


segunda-feira, abril 26

Derrepente 20 ô-O




20 anos “enfim”. Digo enfim porque um dia quis que o tempo passasse rápido. Bobagem! Crescer foi a pior coisa que me aconteceu, porque eu vi que não existiam contos de fada, e que eu nunca poderia ser a princesa que me entregaria ao príncipe “encantado” pra sempre. Mas tudo bem, não estou à espera de nenhum príncipe, mesmo porque não sou uma princesa.
Mas então, nesse meu vigésimo aniversário, eu me sinto bem… tranquila. Não me sinto nem mais velha como eu tinha medo… e o ano não passou mais rápido do que todos os outros. Só me vejo diferente, alguém que eu já mais imaginei que seria, de um jeito que eu jamais imaginei que estaria. O tempo passa, é verdade, mas as coisas só mudam se você deixar. Os outros querendo ou não, a vida é sua e quem manda nela é você. Não adianta ter medo do futuro, ele chega, é só aprender a lidar com ele. e fazer aniversário é contar, os minutos, as horas os dias meses e anos,e muito mais que tudo isso, Fazer aniversário é saber que só se nasce uma vez e que por isso a oportunidade de viver é única e isso torna o valor da vida sem valor, porque fazer aniversário é viver sem preço, mas viver feliz.. Então ta ai uma pequena lista das coisas que aprendi durante todo esse tempo.

- Faça alguma coisa que goste. Caso contrário, acordar e ir para o trabalho será o seu maior sacrifício. Não tenha medo de mudar, de sonhar com alguma coisa melhor e lutar por ela. As vezes vc se sentirá fraco, mas o segredo é não desistir.
-Nunca pense que vc não merece o que acontece de bom ou de ruim pra vc. E só vc pode escolher entre se tornar amargo, ou se tornar melhor.
-Lembre-se que oportunidades e palavras ditas nunca voltam. Então, aproveite as oportunidades e aprenda a medir as palavras. Saiba que dar conselhos é fácil, o difícil é enxergar o outro como se vê a si mesmo. (E mais difícil ainda conhecer a si mesmo). -E para as feridas da alma, chore o quanto puder. Chore mesmo, pra poder se libertar o quanto antes. Calmantes, antidepressivos, telefonemas de madrugada podem funcionar temporariamente, mas o único remédio é o tempo.
-Não acredite tanto no destino, ele sempre cai ao vão. Mas acredite em você. Acredite que você pode ser o que quiser. Aprenda a ter paciência, as coisas nunca acontecem de uma hora pra outra, tudo exige luta, esforço... e mais uma vez, tempo!
-Lembre-se sempre que amigos são tipo anjos… e os verdadeiros estão aí para oferecer a “asa” qdo a sua está quebrada.
-Não se esqueça que em tudo o que vc fizer, sempre haverá um infeliz torcendo contra. Nesse caso, mande ele se fuder, e não perca nunca o foco. -“O amor é melhor pra quem ama”, ouvi essa frase de um amigo, e é verdadeira. Esteja sempre apaixonado, por qualquer coisa. Na verdade, se apaixone pelas suas metas. É bem melhor do que se apaixonar por coisas ou pessoas. Acho que ainda não aprendi isso... mas faça o que eu digo!
- Acredite na sua sorte, mas também não deixe de acreditar que existe azar. A vida tem 50% de cada. Ainda não consigo acreditar no “segredo” de que pensamento positivo atrai apenas coisas positivas. Mas estou tentando, afinal, pensar positivo ou negativo dá o mesmo trabalho. Mas as vezes os resultados são bem diferentes.
- Não perca contatos com amigos que valem a pena. Nem mantenha contato com quem não vale. Mas nunca se esqueça que o mundo dá voltas e que a pessoa que um dia vc “descartou” é uma das poucas pessoas que poderá ajuda-lo a se levantar qdo cair.
-Não deixe de pensar na morte, ela que vai encorajar vc a se arriscar mais. Também não troque o que vc mais quer na vida por aquilo que vc quer no momento, pq o momento passa bem mais rápido.
- Cuidado com falsas aparências. Há pessoas que dizem algo e depois se comportam completamente diferente na sua ausencia. Não tenha raiva, apenas cuidado, e pena dessas pessoas vazias. Lembre-se sempre de que na vida, o que a gente planta, a gente colhe. Eu estou tentando plantar apenas flores.
-Um detalhe muito importante: Olhe nos olhos das pessoas, apenas nos olhos. E voce saberá o que se passa dentro dela.
-Ah, e por ultimo.. não perca tempo com dietas loucas. Nem pra engordar, nem pra emagrecer. Faça academia se gostar, mas não se esqueça que no final da sua vida, o que menos terá importância é sua boa aparência física (mesmo pq ela já nem será tão boa). Ela sempre vai embora enquanto o caráter e suas boas açoes permanecem. Seja essência!

Acho que ainda tenho muito o que aprender, tô aqui pra evoluir. Dá até medo! Mas não posso me esquecer que ainda tenho sonhos para realizar, missões a cumprir. Pode-se cair centenas de vezes, mas cada queda deverá ser um impulso para se por novamente de pé. E se eu já cheguei até aqui, é porque o que nao me mata, me fortalece!

“O meu olhar é nítido como um girassol. Tenho o costume de andar pelas estradas/ Olhando para a direita e para a esquerda,/ E de vez em quando olhando para trás...”. :)

Feliz aniversário pra mim, uhul. [:)]'

sábado, abril 24

nostalgia, seria saudade conformada?




As pessoas sempre confundem os sentimentos de nostalgia e saudade, pensam que é a mesma coisa. Não é. Nostalgia dói mais que saudade, mais que bater com a porta nos dedos, mais que cólica de rim. Nostalgia é como o fim do dia: a única saída é se conformar, já foi. Saudade a gente aguenta, inquietamente, e logo a gente cura.
Saudade a gente sente quando entra em um ônibus para ir embora, saudade da pessoa amada que fica, mas sabe que vai voltar a vê-la. Nostalgia é quando após alguns anos, você se lembra desse momento, que às vezes até se repete, mas não é a mesma coisa...
Saudade é quando o ser amado foi embora, mas o amor ainda ficou. Nostalgia é quando o amor também se foi...
Saudade a gente sente quando deixa os pais em casa e vai morar sozinho, em qualquer canto desse mundo. Nostalgia é quando a gente lembra de quando eles jogavam bola ou brincavam de boneca com a gente...
A gente sente saudade da vovó, que mora longe e cada vez que a visitamos ela aparece com um monte de comidas gostosas. Nostalgia é quando já não se tem a vovó, mas ainda sentimos o gostinho das guloseimas que ela fazia...
Saudade a gente tem de um amigo que se mudou para outra cidade ou país. Nostalgia é o que sentimos ao lembrar das brincadeiras de quando éramos crianças, e saber que agora quem brincam são seus filhos...
A gente sente saudade da nossa casa quando viaja e fica um tempo fora. E nostalgia quando a gente lembra de tudo o que viveu ali, na casa agora abandonada...
Saudade a gente pode ter de um brinquedo, de andar de bicicleta. Nostalgia é o que sentimos quando nos lembramos de como era simples e feliz ?nossa infância...
Temos saudade de sentar na varanda à tarde com nosso avô e ficar jogando conversa fora. E nostalgia quando o avô se vai, anoitece, e esse momento não se repete mais.
Sentimos saudade dos nossos cachorros quando passamos um fim de semana fora. Nostalgia, quando lembramos deles pulando na gente, mas só vemos a casinha que está vazia.
Saudade é um sentimento urgente, nostalgia não tem solução: a gente só se conforma. Saudade é a ausência provisória de alguém, nostalgia é a ausência eterna de um momento.
“Saudade é um pouco como fome. Só passa quando se come a presença” – dizia Lispector. Então, nostalgia é quando toda a comida cessou...

sábado, abril 17

o cantinho.




'Dentro de cada pessoa tem um cantinho escondido. decorado de saudade. Um lugar pro coração pousar. Um endereço que freqüente sem morar, ali na esquina do sonho com a razão. No centro do peito, no largo da ilusão. Coração não tem barreira, não. Desce a ladeira, perde o freio devagar. Eu quero ver cachoeira desabar. Montanha, roleta russa, felicidade. Posso me perder pela cidade, fazer o circo pegar fogo de verdade, mas tenho meu canto cativo pra voltar. Eu posso até mudar, mas onde quer que eu vá o meu cantinho há de ir dentro... '

terça-feira, abril 6

Costumava ter em cima da sua cama uma placa escrita: ISSO TAMBÉM PASSA!


Então perguntaram a ela o porquê disso.. Ela disse que era para que quando estivesse passando por momentos dificeis, se lembrar de que eles iriam embora, iriam passar e que ela estava vivendo isso só por algum motivo. Mas essa placa também era para lembra-la de que quando estivesse muito feliz, não deveria deixar tudo para trás e se deixar levar, porque esses momentos também iriam passar e momentos dificeis viriam novamente. É exatamente disso que a vida é feita, MOMENTOS. Momentos que temos que passar, sendo bons ou não, para o nossa própria aprendizagem nunca esquecendo do mais importante: Nada nessa vida é por acaso! :)

sexta-feira, abril 2

Nossa eterna insatisfação nos leva aonde exatamente?

Casados reclamam porque a aliança pesa; namorados, porque não vêem mais os amigos; solteiros, porque não têm de quem receber o último telefonema do dia. Jovens são revoltados por não poderem fazer nada do que querem; velhos, por não conseguirem. Chefes se estressam porque vivem sob pressão e subordinados vivem estressados por causa dos chefes. Nunca estamos satisfeitos. Por mais azul que o céu esteja, sempre achamos - lááá longe - uma nuvem que virá, sabemos que virá, e cobrirá o nosso sol. E, mesmo sob 40 graus, passamos a sentir frio. "Nada mais insuportável do que muitos dias de felicidade contínua" (Oscar Wilde). É bizarro mas real. Não suportamos a felicidade por muito tempo; tudo fica fácil demais, tranqüilo, calmo e desde crianças aprendemos que, se algo vale a pena, precisa ser árduo, trabalhoso, hercúleo (e quanta deprê nos rende essa teoria patética). A ridícula verdade é que não sabemos lidar com a alegria - a praia eternamente ensolarada vira um tédio. E então avistamos (ou criamos, não importa) a nuvem.
Li, não lembro onde, que "a vida nos pareceria subitamente maravilhosa se estivéssemos ameaçados de morrer - então declararíamos nosso amor, viajaríamos à Índia, realizaríamos nossos sonhos. E caso o cataclismo não acontecesse, voltaríamos ao cotidiano, no qual a negligência supera o desejo". (A negligência supera o desejo - preste atenção nisso, sempre). Nossa eterna insatisfação, em vez de servir de impulso para nos levar a algum lugar melhor, vira uma âncora, agravando a sensação de impotência, nos entregando à inércia. Então sucumbimos à preguiça. Passamos a achar que o normal é estarmos "meia-boca" (não estamos felizes, é certo, mas por que razão haveríamos de ficar mais tristes?). E daí, quando alguém aparece sorrindo além do previsto por lei, surtamos. Por que ele ri e nós não? Por que tantos dentes? Cadê a graça? Viu passarinho verde?
É divertido observar a irritação de alguns perante a alegria alheia. Olham para aquilo como se estivessem presenciando a metamorfose do lobisomem de Joanópolis. Quando alguém parece estar contente (e está), nossa primeira reação é nos compadecermos pela ingenuidade da criatura sorridente, como se estupidez fosse premissa pra felicidade, e gentileza, atributo de lobotomizados ou doentes mentais. Nos é tão incutido o conceito de que os deprimidos, românticos incompreendidos, é que são geniais (toda aquela profundidade de sentimentos, cenho franzido, etc. e tal) que tendemos a encarar pessoas alegres como serezinhos sem sal, agüinha morna que nem chá dá pra fazer... Sai de mim! Se for assim, o Prozac será o responsável pela não-existência de grandes artistas pelo resto das eras. E eu me alegrarei de ser absolutamente medíocre e saltitante.
Não vejo nada errado em nunca estarmos satisfeitos, em desejarmos (há muitos anos alguém me disse que desejos são como cavalos: não são eles que decidem para onde vamos, mas com eles vamos mais rápido). O problema reside em ficarmos nos culpando por nunca estarmos completamente felizes ou acharmos poético arrastar as meias pela casa. O fato é que "algo sempre nos falta - o que chamamos de Deus, o que chamamos de amor, saúde, dinheiro, esperança ou paz. Para seu próprio bem, guarde esse recado: alguma coisa sempre faz falta. Guarde sem dor, embora doa, e em segredo" (Caio Fernando Abreu). Daí, sim, poderemos ser felizes. No início, quando der. E um dia, quem sabe, a maior parte do tempo.

terça-feira, março 30

Cansei! já era .

Parece que as pessoas nunca aprendem que temos que dar valor quando temos as pessoas e ou coisas ali ao nosso lado, de nada adianta chorar depois.

Eu sei do meu potencial, sei onde quero e onde posso chegar, sei o que é necessário, sei que ninguém dará e que não é de graça, nada cai do céu e tudo que peço a Deus sempre vem acompanhado , antes do pedido de sucesso é um trabalho pra que com ele eu possa realizar todas minhas metas, desejos e sonhos. Não quero jamais algo de graça, sei que este tipo de “presente” pra mim não tem valor e o que eu tenho hoje dou o máximo de valor, sei o quanto trabalhei o quanto dediquei-me pra ter, todos sabem que quando eu quero algo material não me importo de ter que trabalhar dia e noite para adquirir, hoje o que eu quero não são bens materiais e sim valorização e pra ter terei que decidir..

Qual o caminho a seguir.. Sem esquecer que garantias ninguém dá..
Então o que fazer?

Somente eu poderei decidir o que fazer pra tentar ser feliz.. Satisfazer-me.. Querer.. Apostar..
Mudar.. Não esquecendo que no jogo da vida a troca de um jogador pode mudar tudo !

quinta-feira, março 25

era uma vez uma menininha..

que acreditava em contos de fada. Um dia ela era chapeuzinho verмelho, chegou a conhecer o lobo mau de perto. Outro dia, ela era uma sereia pequena. Uma vez, pensou até que tinha encontrado o príncipe encantado! Mas aí fizeram ela achar que era o patinho feio. e ela deixou de acreditar em contos de fada! O tempo foi passando, mas a história não terminou por aí. Um dia ala encontrou a fada madrinha, que mostrou para ela que a fantasia pode virar realidade! e ela passou a acreditar nela mesma. Hoje, um dia ela é a gata borralheira, a branca de neve, rapunzel.. Você pode ser o que quiser!


''Aprender com a dor, conviver com o amor, lembrar que sorrir pode te levantar.''

quarta-feira, março 24

Se parece ingênuo que eu acredite nas pessoas, que me chamem de tola. Se parece imprudente que eu me arrisque num desafio, que me chamem de imatura. Se parece inaceitável que eu mude de opinião, que me chamem de incoerente. Se parece insano que eu continue sonhando, que me chamem de louca. Só não me chamem de medrosa ou de injusta. Porque eu vou à luta com muita garra e muita vontade de acertar. E foi lutando que eu perdi o medo de ser ridícula. De ser enganada. De ser mal entendida. Perdi, na verdade, o medo de ser feliz. Não me incomoda se as pessoas me vêem de forma equivocada. O importante mesmo é como eu me vejo... Sem cobrança. Sem culpa. Sem arrependimento. A gente perde muito tempo tentando agradar aos outros. Tentando ser o que esperam de nós. Eu sou o que sou e não peço desculpas por isso.

domingo, março 21

MINHA LINDA Kelly Maaia , ( acho que já deu pra intender como ela é minha né?)

É incrível como quanto mais você conhece uma pessoa, menos sabe falar sobre ela e é exatamente isso que acontece quando eu penso em escrever algo pra você. Parece que a minha criatividade vai toda embora numa simples frase. Sempre tem aquela preocupação de 'será que ela vai gostar?' ou 'o que eu escrevo?'. Porque você é merecedora das palavras de amor mais lindas, dos gestos de amor mais carinhosos, Porque você, é você! Entao primeiro lugar, quero te agradecer por TUDO, TUDO que voce é comigo , você me demonstra tanta confiança, tanta lealdade, tanta segurança que a palavra amizade, no nosso caso, já deixou de ser nosso sobrenome. É complicado demais achar palavras que descrevam voce, ou descrevam o tanto de amor que sinto pela pessoa que voce é.! e essas mesmas palavras não são capazes de descrever todos os meus votos de felicidade pra você! Nessa data tão especial, quero lhe desejar um sincero FELIZ ANIVERSÁRIO! Que este dia tão importante, seja comemorado, ano após ano, com a mesma alegria de hoje e que você continue sendo sempre essa pessoa tão especial e querida, dando-nos o privilegio permanente do seu convívio! Que o seu dia tenha sido maravilhoso, apesar de que como eu nao tô ai com voce, deve ta sendo um dia bem normalzinho, né? hauahuahau Mas enfim, não só hoje, mas sempre, eu quero que você seja muito feliz, que tenha primeiramente muita saúde, porque o resto eu sei que você tem determinação suficiente para correr atrás! Queria que você soubesse o quanto é especial pra mim, e tenho certeza que já sabe, porque eu sempre deixei isso muito claro pra você! Que você saiba que sempre pode encontrar em mim uma amiga que vai estar com você em todas as horas, que você pode contar para o que precisar. Obrigada por tudo, tudo, tudo o que você fez, faz e vai fazer por mim, porque todos os momentos que passamos juntos em quase 2 anos amizade, não saem da minha memória! Olhar nossas fotos só me dá saudades desses momentos e de tantos outros que a gente esteve juntas .. A admiraçao que tenho pela pessoa que você é , é enorme e a cada dia você só me mostra o quanto é merecedora dela. nao nos conhecemos a tanto tempo assim, é um tempo muito curto, mas já são muitos os momentos bons, engraçados, tranquilos, toscos, enfim, que só nos fizeram unir mais! Desde que decidimos começamos ser amigas e isso so me fez um, bem danado mesmo, poder ficar as minhas 2hrs com voce no cel , é tão bom! tdos os momentos ao seu lado, todas suas piadas, todas suas historias, seu jeito, você, tudo isso me faz tão bem. É maravilhoso saber que tenho uma pessoa que sempre ao meu lado vai estar ,em quem eu posso confiar de olhos fechados, com quem eu posso ser transparente, que eu posso zuar de que é minha, sem mas intendimentos'' de fato voce é mesmo minha!''. todas as lembranças, todas as nossas palhaçadas ai, todas as nossas 'pegadas' hauhauhau serao sempre aqelas contadas com o maior carinho, com o maior amor e com aqela plenitude, e a saudade? aah, ela entao virá, enchendo nossos coraçoes e almas, transformando essas historias em algo muito mais do qe apenas histórias, e o tempo, ele nunca levará, porqe sao boas e velhas histórias.

O sentido é o além do pensamento objetivo, especialmente em relação ao que eu te desejo. Eu te quero num futuro intenso, realizado e pleno, onde as aspostas são as certezas e os medos são armas pra enfrentar o que há de vir. Quero sonhos, MUITOS, nos quais você consiga realizar e ter em mente que nada é impossível, o impossível mesmo é não tentar. Quero que você seja desaforada e não se subordine tanto aos outros, apenas o suficiente pra se manter segura. E, principalmente, que você mantenha o humor da Kelly Maia, aquela "menina bem difícil de esquecer", no qual o sorriso é o passaporte dela pra um caminho desconhecido e bem aventurado. Você pode tudo minhaa gata !


Seja como aonde for a sintonia é a mesma, e uma das pessoas mais importante da minha vida vai continuar sendo voce! eu amo voce por ontem, por oje, e por amanha
Integralmente ao seu lado! <3

quarta-feira, março 10

Cantadas :P

Eu realmente não entendo como existem garotas que odeiam ouvir uma cantada. Eu adoro! Quanto mais tosca, melhor. Cantadas são como piadas: a gente ouve, ri e vai correndo contar pra alguém. E assim como as piadas, nunca levam a lugar algum. Não dá pra levar a sério um cara que puxa conversa na balada perguntando se você vem sempre aqui ou se já não se viram antes. Eu pelo menos nunca tive relacionamentos que começassem graças a uma cantada barata. Nem uma ficada relâmpago, nem uma amizade, nem uma briga... Enfim, nada. Mesmo assim eu adoro cantadas. Já ganhei vários dias graças a elas. Nada relacionado a massagem de ego, mas sim a diversão que elas me proporcionam. Impossível não rir de um "ô la em casa eim?" Ou não me surpreender com aquele "Que saúde, hein!" logo nos dias em que acordo bugada e me achando a garota mais horrorosa do mundo. Seja romântica, cretina, joselita ou inteligente, cantadas só funcionam mesmo para arrancar um sorriso interno ou aquela gargalhada nas situações mais inusitadas.

sábado, fevereiro 27

parabéns minha myla (L'


aha,não vou vim aqui pra escrever as palavras mais bonitas ,mas vou falar apenas palavras verdadeiras,porque eu já criei uma coisa com voce que é tão maior do que mt coisa que já senti.. eu tava aqui tentando falar com voce no cel, mas celular de pobre tipo o seu, nao é tao bom, dae as ligações caem, as vezes da pala, mas mesmo assim eu gosro de voce *.* AAAAAAH QUE LINDA EU ! HAHAHA' mas entao né, eu ja te desejei feliicidades hje, na verdade eu te desejo felicidade todos os dias, mesmo nao falando isso pra voce, eu torço muito por seu sucesso! ( olha só, to muito romentica hoje) mas sabe, eu realmente vejo em voce uma amiga, uma amizade que eu quero ter, levar pro resto da minha vidinha de festas/mesquita/ e agitações.. Você é uma menina de Ouro, ou de diamante, ou de plutônio, seja lá qual for o mais valioso, e isso faz com que a vontade de estar ao seu lado e compartilhar momentos seja tao enorme, tao intensa!
Quando agente se falou no celular, eu falei algumas coisaas, algumas brincando, mas outras serias , e eé assim que as vezes agente se comporta, eu nao sou sua amiga de infancia, nao brincavamos de boneca ( mas ainda vamos brincar, USHSUAHUSAH eu teeeeeeero demaise -q), agente nao estudou juntas, e eu nunca te passei cola , nem virse-versa , eu te conheci pela net veeelho, entao eu sou a favor da quela frase que diz '' pessoas legais sempre moram longe'' nao que voce seja legal, mas voce é uma boa pessoa, no sentido mal da palavra (66' SPOKSPAOKPSOAKPSOAKPSA' eu AMO MUITO VOCE, e nao é mentirinha nao, . "Eu nunca vou esquecer de você enquanto eu puder respirar" é ruim nao poder te dar um abraço em um dia como esse, e é ruim tambem nao poder estar ao seu lado quando voce precisar, mesmo sabendo que voce sabe que pode contar comigo. ( que imbolação meo) .É meio dificil falar assim tão abertamente,mesmo porque não faz muito tempo que agente se conhece, uns 3 anos por ai né ? e nao sao aqueles tres anos de convivencia todos os dias, mas sao alguns dias mais feliz, quando to ai perto de voce .. e como eu digo sempre, não é o tempo que voce conhece a pessoa que vai jugar se ela é realmente boa pra voce,é as atitudes que elas tomam.E praticamente todas as suas me ganharam de uma forma,que eu sei e tenho certeza que vai tá crescendo cada dia a mais! e eu desejo muitas e muitas felicidades pra voce, que tenha todos os sonhos merecidamente realizados myla, e que papai do céu te acompanhe em toda essa sua nova fasee, que voce faça mts novos amigs em diamantina, de preferencia lindos e gostosos pra apresentar pras amigas o// , desejo que voce tenha uma vida maravilhosa, de vitorias e conquistas, ( tipo o meu cruzeiro) ASUHUSAHUSAHSAUHSAUHSAU' eu quero é muito continuar a limpar o seu nariz, te abraçar, e te dizer que odeio voce, mas te amo muito sempre. eu to contigo e nao abro myla!


Aonde voce for, eu vou lhe acompanhar, levar o meu amor .. seu pé nao vou largar. <3

quarta-feira, fevereiro 24

Eu arregalo os olhos para o teto, fecho minhas mãos com uma força que quase faz com que minhas unhas cortem minhas palmas e deixo a onda da dor vir, ela me sacode inteira, me joga numa profundidade sem som e me afoga por completo. Abro as janelas porque preciso de ar, mas nunca tem ar para meu pulmão afogado. Coloco o santinho que meu avô me deu no peito e peço a ele: você já morreu por amor, não deixe acontecer o mesmo comigo.

domingo, fevereiro 21

ilusion .

Ele não sabia exatamente o que estava fazendo ali. Era como se estivesse em um sonho, rodeado de árvores européias, pássaros, grama e água negra. Sentia-se extasiado, tonto com tudo aquilo. Como fora parar ali? Andou por alguns metros, talvez quilometros e a paisagem nunca parecia mudar. Andou até suas pernas cansarem e se arrastou à beira do lago, seu corpo implorando por água. O sol estava encoberto por finas nuvens, o que era um alívio. Batia uma brisa suave o tempo todo, e das árvores emanava um frescor de cheiro indescritivelmente refrescante. Mas ainda não era o bastante. Conseguiu chegar na água, mas esta não lhe saciava a sede. Decidiu esperar um pouco, deitado na relva extremamente verde e macia. Sonhou, sonhou, sonhou. Quando pensou ter acordado, lá estava, ainda naquela paisagem, naquele quadro… preso.


quarta-feira, fevereiro 17

eu so queria saber porque.

De inicio doeu e ardeu como se uma flecha de ódio fumegante houvesse me trespassado. A raiva subiu aos meus olhos em forma de lágrimas e lembro de sentir meu coração cessar os movimentos. Já não respirava. Incrível o que uma frustração pode desencadear. Não conseguir ter uma conversa direta me irritou. Ver você se afastar me decepcionou. Não conseguir fazer nada a respeito me deixou realmente aborrecida. Se eu te amo tanto assim, porque não tenho o direito de ter ao menos uma conversa completa contigoa? Todos meus erros. Eu posso fazer melhor… posso sim! Mas nem tenho chances de fazê-lo. Nem tenho chances de tentar. Ah, como isso me deixa louca! Apenas posso ouvir falar de você. Apenas posso concordar ou responder àlgumas perguntas acerca do que acontece-lhe. Nada mais. Mais que isso, seria simplesmente me declarar tão abertamente, constrangendo não só a meu cadáver social, mas ao meu objeto de paixão. Dormir me acalma. Chorar me acalma. Mas não resolve, não enquanto for escondido, aos cantos. Não enquanto você não me vir desesperada como estou e perguntar o motivo, me consolar. Nesse dia talvez resolva.

Mas cadê minha coragem para tal??

domingo, fevereiro 14

eu quero.

Eu quero esse mundo de cabeça para baixo, de pernas para o ar. E quero isso para você também. Eu quero fazer coisas que nunca fiz, sentir sentimentos que nunca senti, eu quero novos sonhos, planos, quero dias melhores, quero verdadeiros amigos do meu lado, e quero fazer tudo o que estiver ao meu alcance para ajudá-los. Eu adoro isso. Eu quero mais tato, mais sorrisos, mais abraços, mais beijos, mais lágrimas, eu quero mais intensidade. Eu quero minha vida como eu sempre sonhei, eu quero mudar o mundo e vou começar pela sua vida. Eu quero mais gritos, mais sinceridade, mais “tudo na cara”. Eu quero ir aonde eu sempre quis, mesmo não sabendo onde fica. Eu quero alcançar o horizonte, voar até o céu, sentar na lua e contar estrelas. Eu quero tudo isso para mim e para você , mais nada :)

sábado, fevereiro 13

Ahh

Cérebro, deixe-me sentar, ao menos um dia, na varanda e não pensar!

sexta-feira, fevereiro 12

dizem que a vida é curta ,,

mas não é verdade, a vida é longa para quem consegue viver pequenas felicidades, e essa tal felicidade anda por aí, disarçada, como uma criança brincando de esconde-esconde. infelizmente, as vezes não percebemos isso, e passamos nossa existencia colecionando nãos. A viagem que não fizemos; a festa a qual não fomos; o presente que não demos; o amor que não vivemos; perfume que não sentimos. A vida é mais importante quando se é ator e não espectador, quando se é piloto e não passageiro, cavaleiro e não montaria. e como ela é feita de instantes, não pode nem deve ser medida em ano ou meses, mas sim em minutos e segundos. então, aproveite o tempo, e se lembre com orgulho daquele tempo que você soube aproveitar no passado, e aquele tempo do futuro, não desperdisse. afinal, a vida é agora!

quarta-feira, fevereiro 10

coisas de amor

Você pode ter mil amores, mas só um realmente vai fazer falta, geralmente, esse estava todo tempo ao seu lado e você não via, ou, se via não sabia que necessitava tanto dele.. Dentre todos os seus amores, a maioria você vai descobrir que amava porque queria que sonhos se realizassem, planos se concretizassem, vendo apenas nessa pessoa a possibilidade de realizá-los, concretizá-los! Às vezes você acha que ama alguém, quando na verdade você ama a história que uniu vocês, e quando ela acaba, quando ela passa, o que acontece? Você vive de passado, se prendendo a ele e a quem fez parte dele! Às vezes ama alguém por vê-lo como uma conquista..
como um objeto de valor que todo mundo gostaria de ter..mas, que por sorte e por merecimento você tem! As vezes você nem ama, só deseja(e nem sabe).É difícil, porém, você amar alguém por esse alguém lhe amar, é aquela velha história: "Quem eu quero,não me quer! e quem me quer, eu não quero!".. E o por que isso de tudo isso ? Porque essa pessoa não lhe ofereceu uma história bonita, em nenhum momento ela lhe fez falta..Raramente você teve sonhos que coubessem a ela, ou planos..Porque, você não teve que lutar por ela, Porque ela não te fez chorar, Porque ela esteve ao seu dispor; enfim...O amor chega de outra direção.. e não é de repente! Ele não surge.. ele acorda, se esperta! Ele não vai lhe deixar a maior parte do tempo triste se algo chato acontecer, pelo contrário, cada minuto será especial, e lhe dará mais motivos pra sorrir,
superando os motivos pra ficar triste.. Não procure por um amor, espere! Não prenda ninguém, quando se ama mesmo, no amor não existe posse.. existe companhia! Disponha dos que vierem, não despreze quem não quer e não chore por um fim. Um amor verdadeiro, essêncial, começa bem mas não termina bem; não termina bem.. porquê nunca tem fim!

domingo, fevereiro 7




Hoje eu acordei pensando em mim e dormi pensando no que eu queria fazer.
Me vi ignorando e menosprezando problemas alheios, pensando no quanto são importantes as minhas vontades, me enxerguei dentro do tão esperado "progresso".

Hoje eu me vi sozinha, sendo o monstro que sempre quis ser. 8)'


quinta-feira, fevereiro 4

o tempo

Na hora da saudade, da tristeza, do desamparo, é com ele que contamos: o tempo. Queremos dormir e acordar dez anos depois curados daquela idéia fixa que se instalou no peito, aquela obsessão por alguém que já partiu de nossas vidas. No entanto, tudo o que nos invadiu com intensidade, tudo o que foi realmente verdadeiro e vivenciado profundamente não passa. Fica. Acomoda-se dentro da gente e de vez em quando cutuca, se mexe, nos faz lembrar da sua existência. O grande segredo é não se estressar com este inquilino incômodo, deixá-lo em paz no quartinho dos fundos e abrir espaço na casa para outros acontecimentos.

(Martha Medeiros)

domingo, janeiro 31

Querido diário.

Hoje será diferente. Tem que ser. Vou sorrir e serei acreditável. Sorrir e dizer: "Estou bem, obrigada". Sim, me sinto muito melhor. Não serei mais a garotinha que perdeu um amor. Começarei de novo. Serei alguém diferente. É a única forma de superar.

(...)

Querido diário, consegui resistir mais um dia. Devo ter dito "Estou bem, obrigada" pelo menos 37 vezes. E não foi verdade em nenhuma delas. Mas ninguém percebeu. Quando alguém pergunta "como você está?" na verdade, não querem saber a resposta.

sábado, janeiro 30

meio ingraçado isso, mas é

Andei pensando e percebendo algumas coisas em relação à vida e as pessoas.
Há vários tipos de pessoas que passam pela nossa vida, ou nem passam, mas nem por isso deixam de existir. Existem as pessoas que não conhecemos e nem ao menos sabemos da sua existência, enquanto outras sabemos tanto da existência quando de toda a vida pessoal.
Algumas outras, não conhecemos, mas por algum motivo as nossas vidas foram cruzadas, nem que seja por uma fração de segundo. Existem os que apenas conhecemos e com quem falamos o necessário, porém, algumas com quem nem ao menos nos damos ao trabalho do necessário.
Alguns tornam seus amigos, e é finalmente sobre esses que quero falar.Em um dado momento, somos melhores amigos. Passamos noites inteiras conversando, achando papo em pequenos assuntos, saímos inúmeras vezes juntos só pra não dá tempo de sentir saudade e de quem nunca queremos nos separar.Mas, como na vida “nem tudo são flores”, esses amigos se dividem em quatro tipos, dos quais nem todos são agradáveis, porém todos são verdadeiros, digo por experiência própria.O primeiro tipo é aquele que nunca deixa de ser seu amigo e por menos intensa que seja a amizade, ela nunca acaba e sempre estão a par um da vida do outro e nunca esquecem de seus aniversários, ou seja, estão de certa forma, sempre mantendo contato, mas não só por obrigação.O segundo tipo é aquele com quem você não mantém um contato intenso, porém a amizade ainda existe entre ambos os lados e por isso, cada encontro, mesmo que casual, é sempre uma festa. Cada encontro é cheio de novidades, devido ao tempo que não tiveram contato.O terceiro tipo resume-se ao esquecimento, causado por algum motivo, mesmo que você não saiba qual seja ela. Ou seja, quando se encontram tudo o que fazem é soltar o leve cumprimento: Oi, tudo bom? Ou até nem mesmo o “Oi” existe, apenas passam, se olham(ou nem isso) e seguem seus caminhos, como leve conhecidos.O quarto e último tipo é aquele em que as pessoas nunca mais se vêem e tornam-se uma leve lembrança. São aqueles que, causado por algum episódio, nos lembramos por algum motivo, ou simplesmente, nos lembramos de repente, “não mais que de repente”.Provavelmente, alguns dos que foram seus melhores amigos algum dia, se encaixam em algum desses tipos.Tenho pensado bastante nisso, pois algumas pessoas tão importantes pra mim, tornaram-se meras lembranças, ou meros conhecidos.Não consigo entender o motivo dessa mudança radical. Éramos tão amigos, tínhamos tanto o que conversar, mas o que aconteceu? Chego a pensar que talvez a amizade nunca tenha sido verdadeira, porém, era tão intensa.. Então lembro que foi eterno enquanto durou e é uma pena que não tenha durado para sempre. Mas sei que as coisas acontecem por algum motivo, e mesmo tendo se distanciado, e mesmo que eu não lembre, essas pessoas marcaram a minha vida de alguma forma e sei que fizeram toda a diferença na formação do ser que sou hoje.

Por isso, agradeço a todos que um dia passaram pela minha vida, sei que fiquei com um pouco de cada um e sei também, que cada um levou um pedaçinho meu.

quarta-feira, janeiro 27

A vida é engraçada as vezes. Pode ser barra pesada. Como quando se apaixona por alguém. Mas eles esquecem de te amar de volta. Quando a sua melhor amiga e seu namorado te deixam sozinha. Quando puxa o gatilho ou acende o fogo e não pode voltar atrás. Como eu disse... no esporte, chamam isso ''de se superar''. Na vida eu chamo isso de pegar pesado. (...) Sabe a expressão que "as melhores coisas da vida são de graça"? Bem, essa expressão é verdadeira. De vez em quando as pessoas se superam se tornando mais corajosas com elas mesmas. Às vezes, elas te surpreendem. Às vezes, elas cedem fácil. A vida é engraçada, às vezes. Pode nos surpreender, mas se você estiver perto o suficiente você encontrará esperança... No mundo das crianças. Numa canção. Nos olhos de alguém que você ama. E se você tiver sorte.. Digo, se você for a pessoa mais sortuda desse planeta.. A pessoa que você ama, decidirá te amar de volta.

One Tree Hill -

segunda-feira, janeiro 25

One Tree Hill

“Tree Hill é apenas um local em algum lugar do mundo, que talvez seja bem parecido com seu mundo ou que talvez não se pareça em nada. Mas se olhar de perto, poderá ver alguém como você. Alguém tentando encontrar seu caminho, alguém tentando encontrar seu lugar, alguém tentando encontrar a si mesmo. Às vezes, é mais fácil se sentir como se fosse o único no mundo que está lutando, que está frustrado, insatisfeito, que mal está conseguindo. Esse sentimento é uma mentira. E se puder apenas agüentar encontrar a coragem para encarar tudo isso por mais um dia, alguém ou algo, irá te encontrar e fazer com que tudo fique bem. Porque todos precisamos de um pouco de ajuda às vezes, alguém para nos ajudar a escutar a música do mundo, para nos lembrar que nem sempre será assim. Esse alguém está por aí. E esse alguém irá te encontrar.”

domingo, janeiro 24

Amar o amor.

De acordo com Oswald de Andrade, '' o amor resume-se ao humor'' , já Drummond diz que o "amor é estado de graça e com amor não se paga".

Amar não resume-se ao sexo oposto, mas em uma relação entre duas. Existe amor de irmão, amor de pai, de primo, de amigo e acima de tudo o amor que vem com a paixão. Mas o amor é complexo, alguns amam simplesmente por amar, outros necessitam ser amados antes de tudo. Alguns reclamam que são sulfocados pelo "amor em excesso", já outros por recebê-lo de forma escassa. Penso que o mais importante na vida é amor. Ninguém vive sem tê-lo, seja correspondido, rejeitado ou platônico.

Vivemos numa eterna busca ao amor perfeito, e acabamos nos esquecendo que não somos perfeitos, e por ser "controlado"(ou simplesmente, sentido) pelas pelas pessoas o amor também não pode ser. Se o julgam por amar de mais ou em "quantidades insulficientes", talvez o problema não seja a "quantidade" do seu amor, mas o remetente. Seria melhor procurar um outro remetente, pois o seu amor em excesso pode completar alguém e o seu amor escasso pode ser o sulficiente para outro alguém. O amor não mede conseqüências, vence barreiras, preconceitos e seja lá o que for. Porém amar, nem sempre é um mar de rosas. O amor quando não correspondido pode causar sérios danos, e por isso, devemos saber a hora de parar. Não de parar de amar, pois é difícl, porém, a hora de parar de alimentar esse tal amor, pois o amor é como uma planta, se não o regar, não cresce.

Sei que falei muito e posso não ter chegado a nenhuma conclusão, entretanto, o amor não se conclui, apenas se sente e pronto. -q

" Lembre-se que o amor da vida é aquele que a gente escolhe entre tantos e aquele com quem, entre tantos, fica".

sexta-feira, janeiro 22

mas essas lagrimas ..

Não era a primeira vez que ia dormir triste. Para falar a verdade, já estava se tornando, quase um hábito, o de dormir entre lágrimas. Não era um choro desesperado, mas era choro de saudade, daquela que logo vai acabar, mas enquanto não acaba, é saciado com as lágrimas. Naquela noite, foi diferente. Não eram apenas lágrimas, mas era um choro desesperado. Daqueles que se tem que procurar o ar, para não sufocar. Era choro angustiado, sofrido. Choro de quem sente dor. E não sabe como fazer parar.

Desligou as luzes da casa e foi até o quarto. Antes de começar o banho, começou a chorar. Não sabia o motivo, ao certo, mas não conseguia parar. Tomou um banho lento, mas sempre entre as lágrimas. Por vários momentos tentou se acalmar, mas não conseguia. Não sabia de onde viera àquela dor, e por isso, não conseguia fazer parar. Durante alguns minutos, sentiu-se mais calma. Colocou a roupa de dormir e, no escuro, foi deitar. Mas enquanto olhava aquele teto escuro, sentiu a solidão lhe abraçar. O choro voltou.

Em parte era pela solidão. Em parte, ainda pelo motivo desconhecido. Era aquela angústia. Aquela mesma dor. Queria uma explicação. Queria entender. Mas só conseguia chorar. Abriu a gaveta ao lado da cama, pegou o iPod e começou a ouvir músicas. Chorou mais forte ao ouvir Brian Adams cantando que, quando você ama alguém, as suas noites de sono estão apenas começando. Seria aquele choro, algo relacionado ao amor que sentia? Não sabia. Não conseguia saber. Aquela angustia aumentava pelo desconhecido.

Depois de algumas músicas, desligou o pequeno aparelho. Colocou novamente na gaveta. Não custou muito a dormir. Dormiu como uma criança. Tarde da manhã, acordou com os olhos inchados e a cabeça pesada. Queria que tudo estivesse melhor. Mesmo não sabendo o que não estava bem. Mas não saber era o mais angustiante.

terça-feira, janeiro 19

medo do escuro , é !

Quando pequena, eu sempre tive medo do escuro. Tinha a impressão de que a qualquer momento alguma coisa ou alguém iria surgir do meio da escuridão e me pegar. Mais com o passar do tempo, coisas aconteceram e meu sofrimento me levou a adorar o escuro. Era como se eu pudesse esconder todos meus outros medos, toda a minha dor, minha raiva e minha angustia e deixar lá. Era como ser inatingivel. Até que a luz acendia ou o sol raiava e tudo voltava ao normal. Hoje em dia, esse escuro voltou a ser o violão da história. Não posso mais me esconder nele. Não me sinto mais segura. Agora, a escuridão me trai. Ela aponta e joga na minha cara, todas as coisas, sentimentos e pensamentos que escondo de você e até de mim mesma. Ela voltou a me assustar.

domingo, janeiro 17

Eu nao sei bem o que escrever, mas ja tem um bom tempo que estou afim de falar, de coisas, de tudo, de nada, ou nem mesmo falar , mas é que a vontade só aumenta, entao eu vim .. to aqui em kza meia sem nada pra fazer, e sabe quando voce esta 'exausta' ? eu pensei em escrever cansada, mas cansada é pouco, eu realmente tô exausta, é . sabe quando te daá uma enorme vontade de jogar tudo pro ar ? de mudar todos os costumes, manias , de nao ser mais boba, e amiga de todo mundo, de mudar de bairro/cidade/ estado, e mais ainda do país ? ei , eu tô assim ! tantas coisas acontedendo, eu to com raiva, com medo , e ao mesmo tempo com uma segurança tao forte do que quero pra mim, é ruim .. mas eu nao quero mais saber , eu cansei de dar valor e nao ser valorizada, seja no amor, nas amizades, no 'trabalho' /mentira o trabalho eu so acrescentei aqui pra ficar chiq'/ lá eu nem me canso tanto, e as vezes tenho vontade de nao sair de lá :x , sera que quando agente ama muito uma coisa(pessoa) temos realmente que deixa-las livre ? mas eu penso que se eu deixar livre, e se depois voltar pra mim, nao é porqe eu merecia, é porqe sei lá velho , eu ja nem sei mais o que eu to digitando aqui, tenho um turbilhão de ideias na mente, e caraca eu nao queria e nao pensava que quando agente se apaixona de verdade por alguem, mas nao é merecido, quando essa pessoa nao dá o devido valor, e acha que as coisas tem qe fluirem seria tão foda como ta sendo. realmente tem qe fluirem , mas se agente naot tiver atitude cara, as coisas nao andam, pqe vejam se nao concordam comigo, ' quando nao compramos um sapato que morremos de qerer na loja, pqe ele é caro' ficamos na vontade, e ficamos perguntando depois, poxa pqe eu nao comprei ? pqe eu nao parcelei de 180x qe fosse, mas porqe eu nao tenho aquele maldito sapato que eu queria comigo ? se nao comprarmos, nao teremos .. e no amor, se nao corremos atras do qeremos, se nao dermos valor, perderemos, e nao teremos .. e pode ser que se fosse algo tao sonhado, tao esperado , nos machucaria , imagina passar dum lado de uma pessoa e ver o sapato no pé delas? e ficar imaginando qe aqele sapato poderia ta no meu pé ? é FODAÇO , e eu nao gosto de imaginar isso, é por esse motivo que sempre corro atras do que eu quero, e batalho por aquilo, e se eu disser qe qero fazer amizade com voce, concerteza eu vou correr atras dela, e vou fazer de tudo p/ qe seja recipocro, com um 'amor' , um emprego é assim tambem, mas se eu ver que o esforço nao eé de ambas as partes, eu tenho sair fora .. é um processo dificil, nao é uma coisa que eu queira, mas é uma coisa que é nescessária, entao quando todas as minhas forças tiverem acabado, eu desisto ! eu sofro, mas quem nao sofre ? depois para, cicatriza .. -as vezes nao, as vezes a ferida nao fexa- mas faze ro que, as coisas acontecem , e voce lutou, sofreu, mas perdeu . e o que resta é aceitar .. acho que hoje é assim , agora ta sendo assim , eu andei pensando muito, e eu desisto , é estou levantando a bandeirinha branca, nao só pra voce, pro nosso amor, pro que eu tentei qe desse certo e nao deu , eu tava na historia, voce nao estava , e quando um nao quer, dois nao briga -ou briga demais né -q entao , apartir de hoje, seja no amor, na amizade, no trabalho, ou aqui em casa .. só terá meu valor, quem de fato o merecer .. e daqui um ano, se Deus quiser ,e as coisas continuarem como estao , eu nao estarei mais aqui , nessa cidade, nem nesse estado .. outro páis me espera , vou continuar batalhando pelas coisas que qero, continua o mesmo esqema , se tudo der certo , estaremos com uma vida boa, de realizações, e de talvez ' uma nova karine bass' uma sonhadora, que vai ter acordado depois que tiver vivido o sonho !

Tenho que parar com essa mania de nao saber montar os textos, falando de tudo que vem na mente ao mesmo tempo né ? isso é so pra terem uma ideia da complicação dessa cabecinha, que insiste em ser assim. :s

BEIJOS PRA QUE PASSA- se é que passa alguem por aqui :D ;*